Renascimento Sistêmico

Origem do Renascimento | Rebirthing

Rebirthing (também conhecido como Renascimento) é um método de respiração consciente que é capaz de promover um profundo auto-conhecimento e desenvolvimento através de uma integração corporal, energética, emocional e mental do praticante.

Foi desenvolvida por Leonard Orr na década 70.  O método recebeu o nome de rebirthing/renascimento porque o ato de respirar conscientemente através da técnica promoveria a ativação psico-física, trabalhando assim desde os bloqueios mais primitivos, como por exemplo, a primeira experiência do ato de respirar, fazendo com que algumas pessoas experimentassem o ato do seu próprio nascimento.

Origem do Método Renascimento Sistêmico

A partir da experiência e formação vividas por mim, orientada com muito Amor por Dhwani, minha querida e amada Mestra, a quem sou e serei eternamente grata a cada pulsar de meu coração sobre a terra. Dhwani deixo aqui registrados meu amor, reverência e reconhecimento por sua divina existência, com você acessei meu potencial divino livremente, com você aprendi a respirar, com você aprendi a amar incondicionalmente, com você e seu amor tive coragem para acessar a pureza de meu lindo coração, o qual me permite sentir, viver e amar. Gratidão eterna.

 

Nessa experiência de cura experimentada conheci e vivenciei a técnica criada/experimentada  por Leonard Orr e percebi que a respiração propicia uma grande limpeza nas toxinas produzidas por emoções não expressadas que se imprimem na memória das células, bem como uma expansão em nível celular que permite ao Ser ancorar mais plenamente na matéria, corpo físico. Daí a  palavra Renascimento corretamente empregada. Renascer é então a possibilidade de chegar na terra através do corpo físico,  usando para tanto a Respiração circular, consciente e conectada.

Circular porque propõe a dança do sagrado movimento dentro do corpo, sem paradas e sem bloqueios; Consciente porque o Ser Humano que experimenta a respiração se propõe Conscientemente fazê-la como uma busca de auto conhecimento e cura evolutiva; conectada porque o Ser Conscientemente conecta com o movimento respiratório, e assim desenvolve–se a sessão de Renascimento.

Com o tempo e a prática, porque desde que conheci o renascimento uma Grande Transformação aconteceu em minha vida, percebi que era necessário trazer algo mais para as sessões, porque acessar o nascimento, e as primeiras impressões de vida na terra, não eram suficientes para a Cura plena do Ser e a realização das transformações necessárias para essa Cura.

Sendo assim observei que ademais das memórias de nascimento, o Ser humano tem muitas experiências gravadas nas memórias de todos os chamados corpos inferiores, físico, mental, espiritual e emocional. E que muitas dessas memórias produzem desconfortos e bloqueios que impedem a evolução e que necessitam ser movidas Conscientemente.

Para ressignificar uma experiência necessitamos acessá-la conscientemente é dizer, buscá-la através de falas terapêuticas de escuta ativa.

 

Diante disso e consciente que:

  • A humanidade que habita em nós traz memórias de sistemas e padrões de toda uma ancestralidade, porque quando nascemos somos apenas Eu Sou começando uma nova experiência humana em um corpo que em sua memória genética é rico em detalhes, saberes, sistemas e padrões;

  • Que o corpo emocional se estrutura desde a concepção, trazendo em sua memória todas as experiências emocionais vividas pela mãe nos 9 meses intrauterinos;

  • Que o corpo mental desde os primeiros momentos na terra é estimulado para os saberes,  o aprendizado, o raciocínio, o pensamento;

 

E que toda vez que uma criança não se sente amada ou aceita ela fortalece o corpo mental desenvolvendo-se mais e buscando no conhecimento e nas certificações, até a idade adulta, um reconhecimento. O Ser Humano necessita existir e ser reconhecido, e se não se sentir (corpo emocional) assim no seio da família que é seu primeiro mundo, buscará reconhecimento através do corpo mental.

 

Esses padrões são desenvolvidos como uma forma de defesa e de aliviar a dor da ausência de afeto e aceitação.

 

Com um corpo mental tão fortalecido e desenvolvido, o adulto assume um lugar de poder vazio de afeto a si mesmo, assume um espaço onde dependerá sempre de algo externo para sua satisfação, reconhecimento e existência, e assim se desenvolvem também, os sistemas de dependência e co-dependencia.

 

Observando todas essas questões entendi que mais que a técnica da Respiração consciente e conectada, era necessário acolher esse corpo mental, e estimula-lo, a áe permitir ao Ser retornar ao corpo emocional, com coragem para olhar para as dores da criança interior, e assumir a orientação dessa criança, agora para o Ser. Ser ele mesmo, Ser frágil, Ser sensível, Ser criança em toda a plenitude do Eu Sou, e ancorar essa consciência na matéria física, do corpo que habitamos.

 

Para tanto era necessário usar uma escuta ativa, estimulando o adulto que vem em busca de ajuda para seus sofrimentos, para que ele como uma criança, tenha coragem para se aventurar nele mesmo e descobrir o que se esconde atrás de cada experiência vivida, cada escolha feita e cada atitude expressada em seu dia a dia.

 

Experimentando esse método, nos últimos 13 anos, entendi que era preciso criar a possibilidade de outros terapeutas conhecerem e se prepararem para trabalhar com a nova proposta, O Renascimento Sistêmico, Método através do qual se trabalha conscientemente padrões e sistemas desenvolvidos pelas vivencias humanas, e que vão passando de geração em geração, através de uma memória sistêmica quântica/genética, bem como padrões desenvolvidos pela própria experiência humana infantil, padrões esses que se fortalecem na pratica diária das relações humanas e que trazem suporte emocional e de reconhecimento ao Ser, ainda que em muitas vezes são apenas limitantes e impeditivos da evolução humana e divina na Terra.

      "Experimentando esse método, nos últimos 13 anos, entendi que era preciso criar a possibilidade de outros terapeutas conhecerem e se prepararem para trabalhar com a nova proposta, O Renascimento Sistêmico.

 

       O RENASCIMENTO SISTÊMICO é um Método através do qual se trabalha conscientemente padrões e sistemas desenvolvidos pelas vivências humanas, e que vão passando de geração em geração, através de uma memória sistêmica quântica/genética, bem como padrões desenvolvidos pela própria experiência humana infantil, padrões esses que se fortalecem na pratica diária das relações humanas e que trazem suporte emocional e de reconhecimento ao Ser, ainda que em muitas vezes são apenas limitantes e impeditivos da evolução humana e divina na Terra."

Kareema Marinho criadora e mestre do Método Renascimento Sistêmico

O propósito do Renascimento Sistêmico

O Propósito do Renascimento Sistêmico é promover no Ser Humano uma transformação consciente nos padrões limitantes  e impeditivos, libertar-se de padrões vividos pela ancestralidade para que assim libertar-se de bloqueios, traumas, e compromissos com o passado, para que possa haver uma prática evolutiva humana na terra, esse é nosso propósito.

 

Somente depois dessa transformação é possível ancorar a divindade que somos na matéria, corpo físico, e sermos Eu Sou em presença divina, ancorando Luz e Amor no planeta, porque nossa essência maior é Amor Incondicional, e somente poderemos acessar essa consciência maior quando encontramos um corpo mental silencioso e relaxado, no momento em que acolhemos e curamos as dores da criança interior. A partir de então podemos começar a falar de iluminação que é ancorar a Luz do Ser que somos, nas células do corpo físico livre de traumas, bloqueios e comandos ancestrais, despertando em nós o perdão, a compaixão e a prosperidade divinas que são as vibrações de nossas essência. Trazer os céus a terra, através do corpo físico. Amar incondicionalmente. Despertar o Curador interior, tornar-se Mestre de si mesmo.

Renascimento Sistêmico 

UM CICLO SEIS SESSÕES

Como se desenvolvem as sessões de Renascimento Sistêmico

O Renascimento sistêmico se desenvolve em ciclos de 6 sessões. O propósito do 6 é justamente acessar a vibração da matéria, 6, o nascimento, a família.

A sugestão é que as pessoas possam fazer ao longo de suas vidas ao menos 2 ciclos completos, não necessariamente em sequencia.

Esse método se propõe a considerar e respeitar sempre o tempo de cada um.

Como queremos relaxar e aliviar o corpo mental primeiramente, para que ele permita uma maior entrega, é necessário estabelecer, pequenas regras de realização do processo, o que permitirá a mente um entendimento inicial e a segurança de ter o controle da situação, porque esse é o modelo de evolução conhecido pelo corpo mental desde que começa ser estimulado ao nascer.

Essas 6 sessões permitem um mergulho intenso em si mesmo e a abertura para o ancoramento no corpo com suavidade e amor. Deus criou o mundo em 6 dias, e no sétimo descansou, essa é uma memória contida na consciência da humanidade, refazemos nosso nascimento em 6 dias e então o relaxamento na matéria.

TIPOS DE SESSÕES DE RENASCIMENTO SISTÊMICO

Sessão de Renascimento Sistêmico na Maca

       A pessoa fará sua sessão na maca, onde terá um momento em que será convidada a falar de suas experiências, através de perguntas abertas propostas pelo terapeuta, nessa fala acessará conscientemente padrões, traumas, e emoções, para logo em seguida realizar a sessão de respiração propriamente dita e finalmente ancorar essa nova consciência no corpo físico.

Sessão Renascimento Sistêmico na Água

      Dentro de um ofurô,  banheira ou piscina, a pessoa é orientada com uma respiração consciente e conectada, acessando, em geral memórias intrauterina.  Também nesse espaço liquido é mais fácil ao Ser acessar memórias trazidas plasmadas no corpo espiritual, e através dessa conexão acessar a leveza e plenitude do Ser antes mesmo da concepção/encarnação. O terapeuta poderá conduzir a sessão do lado de fora da água, ou ainda, entrar na agua e acolher a pessoa, caso ela tenha muita dificuldade e ausência de amor.

Sessão Renascimento Sistêmico na Argila

      Através de uma massagem com o uso da argila medicinal, prática de cura de nossos ancestrais, o terapeuta conduz a respiração estimulando a pessoa acessar suas fragilidades, os bloqueios guardados no corpo físico por memórias de abusos de todos os tipos, (sexuais, violência, ausência de afeto e toque amoroso na primeira infância) Com o uso da argila é possível resfriar o excesso de fogo guardado nas vísceras pelos excessos, especialmente de usos de medicamentos, e ou drogas de todo tipo, como toxinas e densidades produzidas pelas emoções humanas mais primitivas. Trazendo depois as sensações de alivio, leveza e limpeza com a agua cristalina que traz a consciência da purificação no sagrado feminino. Ressignifica as sensações de toque e acolhimento nas células e traz a memória sensação de prazer e plenitude e do cuidado amoroso com o corpo, instrumento que ganhamos para a experiência humana na terra. É trazer a consciência a memória divina de que Deus fez um homem de barro e soprou vida nele, respiração o Sopro de Deus em nós.

Sessão Renascimento Sistêmico na Consciência do Fogo

      Também após uma fala terapêutica e escuta ativa, diante do fogo sagrado, sentindo em sua pele o calor do fogo, o criptar e a Luz exuberante da madeira queimando, observando a fumaça que sobre pelos ares, a pessoa é estimulada a respirar, acessando todos os medos que, em geral sao despertados com a presença do fogo. Medo de ver a luz, olhar para a luz, entregar-se aos seus estímulos vicerais entre outros.

Sessão Renascimento Sistêmico na Terra

      A pessoa será conduzida na sessão deitada na terra diretamente, ou na grama fresca do jardim, onde sentira a força da terra dando suporte ao seu corpo físico e poderá conectar com a consciência da presença na terra e com sua natureza sagrada de plenitude, abundância e prosperidade divinas. Sempre as sessões serão conduzidas com uma fala inicial e a busca de entendimento de padrões ou traumas detectados e garimpados nessa fala com escuta ativa.

Sessão Renascimento Sistêmico por Skype

      É um processo desenvolvido para as pessoas que não tem possibilidades de se deslocar até um terapeuta, são sessões nas quais haverá essa fala com escuta ativa,  em busca de padrões, traumas e sistemas contidos nos esconderijos emocionais e mentais,  bem como, reconhecer esses padrões e os limites, medos e impedimentos causados por eles, diante das queixas e dos sofrimentos trazidos pela pessoa que o busca, com a aplicação pelo terapeuta de exercícios respiratórios desenvolvidos especialmente para esse trabalho. Esses exercícios tem a duração de cerca de 12 minutos. A Cura acontece num nível quântico, onde durante a fala da pessoa e escuta ativa por parte do terapeuta, esse conscientemente se mantém em respiração conectada , sempre estimulando a pessoa a respirar profundo e soltar a cada consciência que se faz acontecer, a cada insihgt reconhecido. A pessoa pode fazer sessões presenciais e por Skype para concluir um ciclo.

Lembrando sempre que o toque amoroso e de respeito necessita ser despertado nas células. É a presença do amor incondicional que permite ao Curador interior nascer para essa experiência humana e encontrar coragem para acolher a criança interior.

 

Todo o processo de Cura do Renascimento Sistêmico é desenvolvido e orientado para atender todas as pessoas que desejam acessar sua divindade com consciência e viver a plenitude do Ser na terra, aproveitando sua humanidade para evoluir em divindade e Luz amorosa. Lembrando que somos Seres Humanos em experiência evolutiva na terra, e evoluir é acessar o divino que somos sem negar a humanidade que vibra em nós. Vivemos em um momento com um sem fim de possibilidades humanas, vamos celebrar a vida divina, abundante e prospera em todas as possibilidades humanas com amor e consciência plena.

Formação em

Renascimento Sistêmico

A ideia de dar a formação baseada em minhas vivências e experiências,  surgiu exatamente pelas sugestões de várias pessoas que ao experimentarem o trabalho comigo sugeriam que era preciso que outras pessoas aprendessem para que a proposta de Cura do Renascimento Sistêmico se multiplicasse e pudesse alcançar mais pessoas.

Assim nasceu o método e sua multiplicação através de terapeutas/curadores já comprometidos com seus propósitos divinos de viver a plenitude do amor incondicional na terra, olhando para o mundo com as lentes do coração.

A formação se propõe a despertar no Ser humano a divindade de cada um, acolhendo e curando as fragilidades contidas em sua humanidade. Somos Seres divinamente humanos. E acima de tudo a humanidade contida em nós que possibilita a cada Renascedor aqui apresentado, a grandeza e o estímulo para que todos os Seres acessem seu potencial divino. Repito, o terapeuta só leva você onde ele já foi, essa experiência vivida com sucesso nos dá a certeza que todos podem, não há impedimentos para a cura, não há bloqueios que não possam ser curados quando o Ser está decidido a mergulhar e o terapeuta entregue a amar incondicionalmente e oferecer suporte como uma mãe amorosa esperando o filho dar seus primeiros passos do outro lado da sala, garantindo o sucesso e a celebração da conquista.

Para quem se destina a formação:  para todo ser humano que tenha o desejo de curar sua vida.

Dinâmica do processo de formação:

  1. Experimentar um ciclo de Renascimento Sistêmico.

  2. Realizar três módulos vivências dentro do tempo de cada um, porque como o movimento é quântico, é necessário dar tempo para a acomodação dessas experiências nas células, bem como o terapeuta poder experimentar esse novo sentir, novo olhar em suas atitudes e vivências diárias.

  3. Nesses módulos trabalharemos focados em trazer a Luz da consciência os padrões, traumas, sistemas e crenças limitantes ou impeditivas do terapeuta, buscando despertar o Curador Interior, esse Curador é que estabelecerá a Cura do Ser e possibilitará a ele tornar-se Mestre de si mesmo.

  4. Um Terapeuta não poderá levar ninguém onde ele ainda não chegou.

  5. Participar de duas vivências em grupo, onde o terapeuta poderá reconhecer e perceber sistemas, padrões e crenças limitantes presentes nos participantes;

  6. Dar três ciclos de Renascimento Sistêmico e apresentar relatório circunstanciado das sessões.

  7. Participar de encontros anuais dos Renascedores Sistêmicos, sempre que possível, para que mantenha essa conexão com o grupo cujo movimento se propõe a Cura e a Maestria de si mesmo.